Dicas

Dicas

Dicas legais para melhorar a sua vida.

As temidas câimbras musculares

Todas as pessoas já sentiram câimbras alguma vez na vida. Elas surgem quando a gente menos espera, sem aviso prévio, as câimbras podem aparecer durante a prática de alguma atividade física, quando passamos muito tempo repetindo um mesmo movimento ou até mesmo ao acordarmos. Assim, a câimbra é uma contração involuntária e dolorosa de um músculo ou grupo muscular. Existem várias teorias que justificam a causa das câimbras. As mais comuns baseiam-se no desequilíbrio de potássio ou na fadiga muscular. Mas existem outras explicações para este sintoma.
Para você ficar por dentro, listamos algumasdas hipóteses mais comuns que podem ser as causas das temidas câimbras:
1. Clima
As mudanças bruscas de temperatura também podem causar câimbras, ou seja, se você mora em locais onde a temperatura oscila constantemente, a chance de você ter câimbras pode aumentar significativamente.
2. Desidratação
A perda de água durante a transpiração do corpo na prática de exercícios, pode gerar o desequilíbrio dos fluídos corporais que interferindo na contração natural dos músculos.
3. Escassez de Sódio
A deficiência de sódio parece ser o principal fator desencadeador das câimbras, pois esse mineral está diretamente relacionado com a contração muscular.

O mais indicado para aliviar as dores são massagens no local para diminuir e amenizar as contrações, além disso, é aconselhável a aplicação de compressas quentes na região, através do uso de bolsas de água quente ou de tecidos aquecidos.Para a prevenção das câimbras o ideal é ter uma alimentação saudável e observar os sinais do seu corpo quando estiver fadigado.

http://treino-emfoco.blogspot.com.br/2011/03/caimbra-durante-e-apos-o-exercicio.html

http://www.tuasaude.com/caimbra/

http://www.mundoboaforma.com.br/como-evitar-caimbras-nos-exercicios/

https://www.google.com.br/webhp?sourceid=chrome-instant&ion=1&espv=2&ie=UTF-8#q=C%C3%A2imbra+na+pratica+de+exerc%C3%ADcios

http://treino-emfoco.blogspot.com.br/2011/03/caimbra-durante-e-apos-o-exercicio.html